Blog

Tratamento de Madeira Autoclave - O que é?

Tratamento de Madeira Autoclave - O que é?
Em função da utilização e funcionalidade que esperamos obter dos produtos em madeira, assim devemos escolher a proteção adequada, para evitar eventuais danos e prejuízos.
Se pretendemos utilizar produtos de madeira no exterior, sujeitos à intempérie e em contacto direto e permanente com o solo, temos de ter cuidados acrescidos conferindo à madeira especial tratamento, por forma a aumentar a sua durabilidade.
No seu estado natural, a madeira está sujeita ao ataque dos agentes bióticos deterioradores da madeira, vulgarmente conhecidos por organismos ou agentes xilófagos 

Estes ataques são possíveis evitar, com o tratamento preventivo que permite aumentar, significativamente, o tempo de vida útil.
Existem vários processos de tratamento preventivo, sendo que o mais utilizado é o duplo vácuo e pressão, vulgarmente designado por "processo de Bethell". Trata-se de um processo tecnológico que incorpora mecânica e química.

Este processo, realiza-se em autoclave e permite a impregnação total do borne (fig. 1) com uma solução química com função inseticida e fungicida, altamente eficaz contra os agentes xilófagos, que danificam as estruturas moleculares da madeira.

O tratamento da madeira em autoclave é um processo tecnológico que incorpora mecânica e química, permitindo impregnar profundamente a madeira com produtos inseticidas e fungicidas de acão comprovada. Desta forma, através do tratamento da madeira em autoclave, a madeira fica protegida contra o apodrecimento, e outros agentes biológicos de deterioração (fungos e insetos). Antes de ser submetida ao tratamento em autoclave, a madeira passa por um período de secagem natural de aproximadamente 3 meses, até apresentar um grau de humidade compatível.

O tratamento preventivo deverá ser efetuado de acordo com o risco a que a madeira vai estar submetida. Classes de risco a saber;

Classe risco 1 - Madeira coberta sem nenhuma humidade possível (carpintaria interiores,...);
Classe risco 2 - Madeira coberta com rehumidificação temporária e/ou acidental (Vigamento,...);
Classe risco 3 - Madeira exterior sem contacto com o solo, nem com nenhuma fonte de humidade e encalhamento de água;
Classe risco 3.1 - Madeira pouco exposta; tratamento superficial para madeira pouco solicitada e riscos reduzidos (acessível para todos os processos de tratamento.)
Classe risco 3.2 - Madeira muito exposta: tratamento em profundidade para madeira muito solicitada e riscos notáveis (acessível para tratamentos em autoclave).
Classe risco  4 - Madeira para exterior em contacto com o solo ou água doce e está assim exposta em permanência com a humidade.
Classe risco  4SP - Retenções superiores, para obras ou circunstâncias especiais que necessitem de proteção reforçada.

Fonte: http://www.toscca.com/blog/o-que-e-o-tratamento-da-madeira-em-autoclave/

Durabilidade do Eucalipto Tratado

Durabilidade do Eucalipto Tratado

A madeira de eucalipto tratado apresenta grande durabilidade, esse fator depende a princípio da aplicação ou destino que se dá a madeira, variando de 10 a 30 anos dependendo da aplicação. De modo geral, quando se segue o processo correto de imunização, o eucalipto tratado tem garantia média de 15 anos. Em se tratando da espécie cloezia...

Abrir Tópico >

Tratamento de Madeira Autoclave - O que é?

Tratamento de Madeira Autoclave - O que é?

Em função da utilização e funcionalidade que esperamos obter dos produtos em madeira, assim devemos escolher a proteção adequada, para evitar eventuais danos e prejuízos. Se pretendemos utilizar produtos de madeira no exterior, sujeitos à intempérie e em contacto direto e permanente com o solo, temos de ter cuidados acrescidos conferindo...

Abrir Tópico >